História do Sapo BOCARRÃO, usando dobradura.

Segue os passos da dobradura:

                                                                              

                                                                                    O SAPO BOCARRÃO   

_ Eu sou o sapo BOCARRÃO e como moscas! – disse o sapo Bocarrão espichando a língua comprida.
E lá se foi o sapo dando seus pulinhos. De repente ele deu de cara com um passarinho azul
- Eu sou o sapo BOCARRÃO e como moscas! Disse o sapo Bocarrão. – E você, passarinho, come o quê?
- Como minhocas torcidas, como lesmas… – respondeu ele, fechando o bico pontudo num estalo.
Em seguida o sapo Bocarrão encontrou um rato castanho peludo.
- Eu sou o sapo BOCARRÃO e como moscas! Disse o sapo Bocarrão. – E você, amigo rato, come o quê?
- Como sementes crocantes, frutinhas com muito suco! – disse o rato, balançando os bigodes.
O sapo Bocarrão ainda estava pegando moscas quando apareceu um enorme crocodilo verde.
- Eu sou o sapo BOCARRÃO e como moscas! – disse o sapo Bocarrão. – E você, crocodilo, come o quê?
- Como sapos gostosos de boca bem grande – respondeu o crocodilo, mostrando os dentes brancos pontudos.
O sapo Bocarrão parou de pegar moscas e arregalou os olhos. Depois fez um biquinho e encolheu a boca o mais que pôde.
-
Ahhhh! Uma coisa tão difícil de encontrar, não é mesmo? – disse ele, e pulou no lago fazendo …

Splash!  

O sapo BOCARRÃO
Um livro com dobraduras-surpresa
De Keith Faulkner – tradução de Heloísa Jahn
   

                                                       Fonte: http://oficinadapalavrarj.blogspot.com  / Dobraduras incrementadas pela Natália

 

About these ads